O primeiro salto de paraquedas

Um jovem alistou-se no exército e optou pela tropa de pára-quedistas. Fez o treinamento básico, fez os saltos de treinamento a partir de plataformas cada vez mais altas, e finalmente foi fazer seu salto de um avião. No dia seguinte, telefonou para o pai, para dar as notícias.
– E aí, você pulou? – pergunta o pai.
– Bom, deixa eu explicar o que aconteceu. Subimos no avião, e o sargento abriu a porta e pediu voluntários. Aí uns doze colegas se levantaram e pularam da porta aberta do avião!
– Foi aí que você pulou? – Pergunta o pai.
– Bem, continuando, o sargento começou a agarrar os demais colegas, um por vez, e a jogá-los pela porta aberta.
– Então, aí você pulou? – Pergunta o pai.
– Estou chegando lá. Todo mundo tinha pulado, e eu era o último soldado que restava no avião. Eu disse ao sargento que eu tinha muito medo para pular. Ele me disse que se eu não pulasse do avião ele me chutaria pra fora!
– Então, você pulou!
– Ainda não. Ele tentou me empurrar pela porta, mas eu segurei firme nela e não deixei ele me empurrar. Aí ele chamou o Sargento Instrutor… O Sargento Instrutor é um armário tamanho 4 x 4, e pesa 150 quilos… Ele me perguntou:
– Rapaz, você vai pular, ou não?.
Respondi que eu não pularia porque tinha muito medo! Nisso o Sargento Instrutor abaixou o zíper da calça e… eu vi o tamanho… Descomunal!!! Olhando-me com uma cara de tarado, ele disse:
– Rapaz, ou você pula fora deste avião agora, ou eu vou enfiar esta **** toda no seu ****, sem camisinha e sem cuspe. ENTENDEU?
– E aí você pulou? – Perguntou o pai.
– Bem, papai, no começo eu pulei um pouquinho…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *